Chave Estática 

As chaves estáticas desempenham um papel fundamental na garantia da segurança, estabilidade e eficiência dos sistemas elétricos em uma variedade de ambientes, desde instalações industriais até redes de transmissão de energia. Vamos explorar os benefícios desses dispositivos em diferentes setores:

Sistemas Elétricos:

Nos sistemas elétricos, as chaves estáticas são utilizadas para direcionar o fluxo de energia de forma eficiente, controlando a transferência entre fontes de energia, linhas de transmissão e cargas. Elas oferecem uma alternativa confiável aos disjuntores mecânicos, proporcionando operações mais rápidas e seguras, além de reduzirem a necessidade de manutenção. Com seu design robusto e confiável, as chaves estáticas contribuem para a estabilidade e a confiabilidade dos sistemas elétricos.

Setor Hospitalar:

Em instalações hospitalares, onde a energia ininterrupta é vital para o funcionamento adequado de equipamentos médicos críticos, as chaves estáticas desempenham um papel essencial na garantia da continuidade do fornecimento de energia. Elas oferecem comutação rápida e confiável entre fontes de energia, garantindo que os dispositivos médicos permaneçam operacionais mesmo durante falhas de energia ou manutenção programada. Isso ajuda a garantir a segurança dos pacientes e a integridade dos equipamentos médicos.

Estruturas de Transmissão:

Nas redes de transmissão de energia elétrica, as chaves estáticas são usadas para controlar o fluxo de energia e a estabilidade da tensão em diferentes pontos da rede. Elas oferecem uma alternativa eficiente e de baixa manutenção aos interruptores convencionais, ajudando a minimizar as interrupções no fornecimento de energia e a proteger os equipamentos contra sobrecargas e curtos-circuitos. Com seu desempenho confiável e durável, as chaves estáticas são essenciais para garantir a operação segura e eficiente das redes de transmissão.

Em resumo, as chaves estáticas desempenham um papel crucial na garantia da segurança, estabilidade e eficiência dos sistemas elétricos em uma variedade de ambientes. Seja nos sistemas elétricos, instalações hospitalares ou redes de transmissão, esses dispositivos oferecem benefícios significativos em termos de confiabilidade operacional, segurança dos equipamentos e continuidade do fornecimento de energia.

Principais Aplicações

  • Disjuntores para proteção na ocorrência de uma Sobrecarga ou curto-circuito nas Fontes Principal e Alternativa;
  • Sensor eletrônico de Sub e Sobretensão de saída, não permitindo que a carga seja alimentada com tensão inadequada.

Funcionamento

  • Temperatura Ambiente: 10 a 40º C
  • Umidade relativa : 0 a 90% não condensado
  • Altitude: até 1500 metros
  • Tempo médio entre falhas: MTBF 80.000 horas
  • Tempo médio de reparos: MTTR 30 minutos
  • Ruído audível: < 45 dBA @ 1 metro
  • Tensão de operação: 110/115/120/127/220/230V
  • Freqüência: 50/60Hz
    Tempo de transferência: < 2ms
  • Configuração: Monofásica Fase-Neutro-Terra